10 junho 2022

FOI O FRIO NA BARRIGA, DOUTOR

Começou com um arrepio. Um frio na barriga que se prolongou para a espinha, como quando algo pode dar errado e o medo surge percorrendo as sinapses e causando sensações estranhas.

Essa também foi estranha, mas não como a do medo.

Foi um arrepio gostoso, como se o geladinho que sobe pelo corpo tivesse construindo algo, algo que não era sobre fugir ou ficar alerta. Mas sobre borboletas que viriam a congelar em breve.

E construiu. 

Construiu uma armadura de gelo, um pacote blindado para um órgão que bombeia calor.

E acho que no fim, foi sim sobre ficar alerta ou fugir

Ou sobre não gostar muito de borboletas, talvez.

É que meu coração começou a gelar ainda com esse frio na barriga, Doutor.

E quando vi, já era tarde demais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja mais do que bem-vindo!

Não esqueça de voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...